Usuário
 
Senha
 
 
FALE CONOSCOConservatório de Música de Ituiutaba

CONCURSO DE PIANO
“PROF. ABRÃO CALIL NETO”

Histórico

Com os objetivos de valorizar o instrumento e divulgar a música para piano, despertar o interesse pela música brasileira, em especial a contemporânea, desenvolver o gosto pela cultura musical, estimular a prática da música em grupo, descobrir novos talentos musicais, promover autoconfiança e socialização, o Concurso de Piano ”Prof. Abrão Calil Neto” foi criado no ano de 1994, uma realização do Conservatório Estadual de Música “Dr. José Zóccoli de Andrade” de Ituiutaba, Minas Gerais A princípio, os participantes integravam a categoria piano solo. Em 1998, incluiu-se a categoria piano a quatro mãos e em 2001 a categoria música de câmara. Os dois dias dedicados à realização de provas eliminatória e final foram se ampliando com a realização de intensas e ricas atividades educativo-culturais como concertos, oficinas, palestras, masterclasses, dentre outras, tornado-se assim uma Semana Cultural. O número de concorrentes e de cidades participantes também se ampliou, levando o concurso do âmbito regional ao âmbito nacional. Compromissado com a interpretação, apreciação e divulgação da música pianística brasileira, a partir de 1997, o Concurso de Piano passou a destacar um compositor brasileiro a cada ano, trabalhando suas peças e elaborando uma performance em noite de homenagem ao compositor destacado, sendo que a primeira compositor(a) homenageada foi Marisa Rezende, no ano de 2011. O corpo de jurados sempre se primou pela excelência, sendo composto por nomes de reconhecida competência e idoneidade. As Semanas Culturais dos Concursos de Piano “Prof. Abrão Calil Neto” de Ituiutaba, Minas Gerais, são uma realização que conta certamente com a participação, o envolvimento, o compromisso e o esforço de inúmeras pessoas, apaixonadas e dedicadas à música, arte, cultura e educação. Ao longo desses anos, os (as) compositores (as) homenageados foram: Heitor Alimonda (1997), Estércio Marquez Cunha (1998), Cláudio Santoro (1999), César Guerra-Peixe (2000), Osvaldo Lacerda (2001), Oscar Lorenzo Fernândez (2002), Almeida Prado (2003), Calimério Soares (2004), Ronaldo Miranda (2005), Dimitri Cervo (2006), Edino Krieger (2007), Ricardo Tacuchian (2008), Gilberto Mendes (2009), João Guilherme Ripper (2010), Marisa Rezende (2011), Maria Helena Rosas Fernandes (2012), Antônio Celso Ribeiro (2013), Denise Garcia (2014), Oiliam Lanna (2015), Marcos Vieira Lucas (2016).

Abnader Oliveira Domingues
Denise Andrade de Freitas Martins

Coordenação Geral